Pratos incríveis do Nordeste

Com sua culinária muito característica, o Nordeste encanta os turistas – descubra o porquê
Dunas de Areia perto de Fortaleza
Além da gastronomia, o nordeste possui lindas paisagens…

A culinária é  reconhecidamente uma das autênticas manifestações culturais de um povo. E os nordestinos sabem muito bem como manifestar sua cultura no prato. Suas comidas são tão típicas que qualquer brasileiro reconhece, mesmo sem nunca ter visitado o local.

Neste artigo apresentaremos pratos incríveis da culinária nordestina, para você ficar com vontade de conhecer e saborear.

--- Anúncios ---

Os melhores pratos da culinária nordestina

Além dos costumes, gírias, sotaques e vestimentas, uma das formas de reconhecer um povo é pela sua culinária. O nordeste do Brasil é um caso de sucesso. Milhares de turistas, muitas vezes interessados nas praias paradisíacas, acabam se apaixonando também pela gastronomia.

Dos clássicos aos não tão conhecidos, apresentaremos a seguir alguns dos melhores pratos do nordeste. São pratos que representam os costumes, a história e o calor humano dessa região do Brasil.

Acarajé

Acarajé com recheios típicos
Acarajé com recheios típicos

Nenhuma lista de pratos nordestinos pode começar sem a presença do acarajé, iguaria afro-brasileira. Muito encontrado nas ruas da Bahia, ele é uma massa de feijão-fradinho com cebola e sal, frito por imersão no azeite de dendê. O costume é servir recheado com pimenta, camarão seco, vatapá, caruru e salada ou vinagrete.

Vatapá

Vatapá utilizado como acompanhamento um prato tipicamente nordestino
Vatapá servido como acompanhamento em um prato nordestino

Naturalmente, seguimos falando do vatapá, acompanhante fiel do acarajé. Mais uma comida com origens na África, o vatapá é um creme feito com farinha de rosca ou fubá, castanha de caju, pimenta, leite de coco, amendoim, pão, azeite de dendê e camarão. Também pode ser servido junto de arroz, em vez do acarajé.

Arroz Maria Isabel

Arroz Maria Isabel em uma tigela de barro
Arroz Maria Isabel em uma tigela de barro

Esse prato é muito encontrado nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Maranhão, mas principalmente no Piauí. Inclusive, na capital deste estado, Teresina, surgiu um festival gastronômico que leva o nome desse prato. É um arroz com carne seca, pimentão, cebola, alho, salsinha e pimenta-do-reino.

O nome desse prato vem de uma história curiosa. Antigamente, só os homens, tropeiros, podiam comer carne seca. Mas uma mãe, sem ter o que dar para as filhas Maria e Isabel comerem, cortou a carne seca em cubos e inventou esse prato.

Baião de Dois

Baião de dois, feito com arroz, feijão, linguiça e queijo coalho
Baião de dois, feito com arroz, feijão, linguiça e queijo coalho

Esse é um prato do tipo feito em uma panela só. Basicamente, leva arroz, feijão-de-corda, carne seca e queijo coalho, com temperos e legumes a gosto. O nome do prato vem da dança também típica do nordeste, o baião. Inclusive, Luiz Gonzaga, o rei do baião, imortalizou e popularizou esse prato para todo o Brasil com sua música “Baião de Dois”.

Bolo de Rolo

Pedaço de bolo de rolo com goiabada
Pedaço de bolo de rolo

Para terminar a lista, nada melhor do que um doce, não é mesmo? O bolo de rolo é a versão do rocambole, criada em Pernambuco e tornada patrimônio imaterial do estado. Trata-se de um bolo de massa bem fina, feita com farinha, ovos, manteiga e açúcar apenas. Ele é enrolado com recheio de goiabada e polvilhado com açúcar.

Hoje em dia, é comum encontrar o bolo de rolo com diversos recheios e até mesmo industrializado. Os tamanhos também variam. O certo é que nenhum turista sai de Pernambuco sem ter provado e se apaixonado pelo bolo de rolo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *